terça-feira, 26 de novembro de 2019

APUCARANA - Polícia prendeu homem que assalto e estuprou a vítima

                                 PRISÃO                                
Marcel Fernando Venâncio, foi preso na região de Maringá, acusado de assaltar e abusar de uma mulher em Apucarana
    No dia 14 de novembro, de 2019, o Blog do Berimbau, noticiava um fato grave. Uma mulher foi assaltada e estuprada na cidade de Apucarana, caso que revoltou a comunidade. Mas neste dia 26 de novembro, poucos tempo após o delito covarde, a equipe da Polícia Civil, de Apucarana, 17ª SDP, comando do Dr. Marcus Felipe, que está de férias e sendo substituído pelo Dr. Felipe,  apresentou a pessoa de Marcel Fernando Venâncio, morador da cidade, que foi preso na região de Sarandi. O homem pretendia fugir para Itajaí-SC, mas foi preso pelas equipe de investigação. A apresentação do acusado, a imprensa, foi feita pela delegada Sandra Nepomuceno, chefe da delegacia da mulher. Ela disse que o homem confessou, apesar de afirmar que estava envergonhado porque tem esposa e filhas. O Marcel também é acusado de cometer outro crime parecido, no passado, quando sequestrou uma mulher, a qual morava próximo a ele, por isso, conhecia sua rotina e sabia inclusive onde ela passava voltando do trabalho. O homem ficou a disposição do poder judiciário. SOBRE O CRIME - A ocorrência começou, por volta das 21:45 horas, de 14 de novembro, quando a vítima, deixava o estacionamento do Supermercado Condor, com um Citroen/Picasso. A moradora disse que, ao sentar no banco do carro, entrou, pela porta do carona, um indivíduo negro, de camiseta listrada de vermelho e que deu voz de roubo, dizendo que estava armado e mostrando uma sacola com uma suposta arma. Disse ainda que estava sendo procurado pela polícia e precisava fugir. Com a mulher no volante, orientou que ela seguisse em direção ao Jardim Ponta Grossa, porém, quando chegou próximo a Avenida Santa Catarina, mandou que entrasse na rodovia. Depois foram sentido Califórnia, alegando que a deixaria no pontilhão. Após o Adriano Correia, seguiram sentido Maringá. contudo, quando chegou nas proximidades, orientou que a vítima que pegasse o retorno, após o 30º Batalhão de Infantaria Motorizada, até entrar em uma estrada de terra no sentido Jardim Curitiba. Durante o trajeto, o meliante exigiu que a mulher tirasse suas roupas. A deixando nua. "Ela disse que ele chupava partes de seu corpo e, quando chegou a um ponto da estrada de terra, pediu que parasse o veículo e a estuprou (havendo penetração). Depois saiu do local com o veículo Citroen, a deixando-a nua na estrada e foi jogando suas roupas pela janela, na estrada, para que ela pegasse", informou a Pm. Além do carro, foram levados objetos pessoas e documentos. A Polícia investiga e tenta prender o autor do crime monstruoso. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA