terça-feira, 27 de fevereiro de 2018

NOVO ITACOLOMI - POLÊMICA

Prefeito Moacir Andreolla faz esclarecimentos sobre denúncia de vereador que levou o ministério público a investigar atos do poder executivo 
          POLÊMICA  No link de vídeo, ouça entrevista com o prefeito Moacir Andreolla, de Novo Itacolomi. Ele falou ao repórter Ronaldo Senes, o "Berimbau", para responder alguns críticas, feitas pelo vereador Ivanil da Silva, o "Vanil", que é presidente da Câmara e recentemente também falou a Rádio Nova Era, comentando sobre o governo de Andreolla. Primeiramente foi Ivanil que se sentiu ofendido, porque o prefeito declarou que precisava de mais agilidade na tramitação dos projetos que estão na Câmara Municipal, ou o município poderia perder recursos. O parlamentar entendeu que era uma ofensa e negou que estivesse segurando a pauta e ainda afirmou que os projetos tramitavam dentro do prazo estabelecido pela lei. Também anunciou que estava com um dossiê, o qual seria entregue ao Promotor de Justiça, Dr. Eduardo Cabrini, de Apucarana. A atitude do vereador, fez com que o ministério público viesse até a prefeitura para investigar supostas irregularidades no abastecimento da frota municipal, pois a acusação informava que veículos danificados, que há meses estavam parados, constavam como abastecidos e em pleno funcionamento. Segundo o prefeito, realmente a falha existiu, mas o vereador sabia o que de fato acontecia, ou seja, que é um erro técnico que vem desde administrações passadas, onde os veículos são abastecidos no Posto e a contabilidade relaciona a frota que está recebendo o combustível, sendo que entre esses maquinários, estavam alguns que não eram utilizados. "O que me deixa triste, é que o vereador sabia da falha técnica; conversou com o contador, que é uma pessoa extremamente ética e correta, o qual esclareceu a ele, mas mesmo assim, apresentou a denúncia, fato que vai gerar um transtornos para o município e constrangimentos a pessoas inocentes. Já prestamos esclarecimentos para o MP e deixamos claro, que falha técnica é um erro que todos podem cometer, mas desonestidade, não faz parte da minha vida ou postura. Estamos corrigindo o erro, porque jamais foi desviado um litro de combustível", desabafou o prefeito. Ainda segundo ele, prova desta afirmação, é que houve economia de gastos, neste setor, se comparada a média da gestão anterior com a atual. PROJETOS NA CÂMARA - Sobre os projetos que tramitam na câmara, Moacir apelou que o vereador utilize o bom censo e coloque os cerca de 60 itens, em regime de urgência, porque os atritos políticos não podem prejudicar o município ou a população. Também afirmou que jamais disse que Vanil estava ensoberbecendo prazos, apenas que poderia apressar as votações e evitar, que em 2018, ano mais curto, por conta das eleições, alguns recursos sejam perdidos porque não foram votados. Moacir finalizou dizendo que existe outras denúncias e que todas serão barradas, porque a verdade  revelará que seu governo não aceita mazelas. Para saber mais detalhes, ouça o link de vídeo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário