segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

ORTIGUEIRA - Assalto e houve ainda briga entre pai e filho com prisão

No perímetro urbano, ladrões roubaram uma Hilux. Já na zona rural, pai agrediu filho com uma paulada e foi amarrado 
           ASSALTO – No final de semana, entre 23 e 25 de fevereiro, em Ortigueira, foram registradas duas ocorrências, a primeira delas, um roubo, durante à noite, na Rua Cecília Batista Mattos. A PM recebeu ligação da vítima, relatando que em frente a sua residência, poucos minutos antes, um homem que desceu de um Celta, de cor prata; armado com um revólver, o rendeu e deu voz de assalto, mandando que ele descesse de sua Caminhonete, uma Toyota Hilux SW4, de placas AVJ-5655, de cor branca. O autor evadiu-se tomando rumo desconhecido, levando o referido veículo.
CONFUSÃO – Houve ainda, no dia 25 de fevereiro, um caso de lesão corporal e posse ilegal de arma de fogo, às 16 horas, no Bairro Campina dos Pupo, próximo ao Projeto Puma. No local, uma mulher de nome Márcia, disse que seu sogro agrediu o próprio, que é seu marido, alegando que ele havia mudado a marcação da propriedade, invadindo suas terras. Afirmou ainda que o sogro usou um pedaço de madeira para acertar a cabeça do rapaz e que ainda portava uma arma, revólver calibre 32, mas foi desarmado por outro filho, antes que algo mais grave acontecesse. O pai ainda foi amarrado pelos filhos, até a chegada da Pm, mas quando os soldados chegaram, o homem havia se soltado e fugido. Ao fazer buscas, ele foi localizado no banco do  passageiro de um Fiat Uno, vindo em direção a cidade. O homem recebeu voz de prisão, mas seu nome não foi divulgado e o caso será investigado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário