terça-feira, 4 de setembro de 2018

CÂNDIDO DE ABREU - Preso acusado de abusar da sobrinha deficiente

A vítima é um adolescente que era levada para uma mata onde atos libidinosos eram supostamente praticados pelo  tio 
          No cartório da delegacia, de Cândido de Abreu, tem vários procedimentos investigatórios de um crime que deixa a sociedade perplexa e indignada, que é o crime de estupro e de estupro de vulnerável. Mas no início de setembro, dias 01 e 02/09, recebemos informações que mais um acusado foi preso, numa ação rápida da Polícia Civil, que juntamente com a Polícia Militar, agiu e prendeu em flagrante o acusado de abusar de uma sobrinha que é deficiente. "Prendemos o homem, se é que se pode chamar de homem um indivíduo que tem coragem de abusar de uma vítima indefesa, menor e que ainda tem problemas de deficiência. Apuramos que o detido, das inciais: V. B., que é tio avô da adolescente, aproveitava-se da deficiência intelectual da menina e a chamava para ir até um matagal,  que existe próximo a casa da família, local onde praticava atos libidinosos. Na sexta-feira, dia 31 de agosto, a mãe viu os dois saindo do mato e questionou a filha, que muito abalada, disse que não queria ter feito nada, mas que foi obrigada", disse o delegado. A mãe foi direto para a delegacia e, por determinação do Delegado Dr. Tiago, a equipe da Polícia Civil, junto com a PM, realizou a captura do acusado. O Poder Judiciário endossou o flagrante, autorizando a prisão preventiva a disposição da justiça. Segundo a defesa, V. B., nega que tenha cometido o crime e diz que vai provar sua inocência.