quarta-feira, 19 de setembro de 2018

IVAIPORÃ - Projeto Ivaiporã Cidade Viva incentiva prática da atividade física

               
      A dança pode ser uma maneira eficiente de manter o corpo em forma. Além disso, aumenta a força muscular; resistência e coordenação motora; capacidade aeróbica; ajuda a controlar o peso corporal; reduz o risco de osteoporose; contribui para a sensação de bem-estar e equilíbrio psicológico – entre outros benéficos. Por isso, a Prefeitura de Ivaiporã, por meio dos Departamentos Municipais de Esportes e Cultura, desenvolve o projeto Ivaiporã Cidade Viva, que consiste em proporcionar à população a prática da atividade física e qualidade de vida.  Semanalmente, a personal Sabryna Trasserre dá uma hora de aula com os mais variados ritmos. “O projeto Ivaiporã Cidade Viva, iniciado na semana passada, conquistou alunas das mais variadas idades”, contou a diretora do Departamento Municipal de Cultura, Amanda Amaral Rafael, que ressaltou a boa aceitação por parte da população.  O projeto Ivaiporã Cidada Viva começou no distrito de Jacutinga, na quarta-feira, dia 12 de setembro, no salão da Igreja Nossa Senhora de Lurdes. E, no dia 13, várias mulheres participaram do projeto no Parque Ambiental Jardim Botânico de Ivaiporã. Na segunda-feira, dia 17, o projeto também foi realizado no distrito do Alto Porã, na quadra ao lado da Unidade Básica de Saúde, com o apoio da agente de saúde Cibele Francisco de Jesus. A agenda segue conforme cronograma em anexo.  A personal Sabryna Trasserre faz uma aula experimental para avaliar o condicionamento físico e elaborar os ritmos que possam ser seguidos pelas alunas. A intensidade da aula é mantida conforme o grupo. “Agradeço especialmente às associações de moradores e a Igreja Nossa Senhora de Lurdes pelo acolhimento e apoio ao projeto Ivaiporã Cidade Viva, bem como à comunidade pelo interesse na prática da atividade física”, declarou Amanda Rafael, assegurando que o objetivo é melhorar cada vez mais o projeto.  O projeto Ivaiporã Cidade Viva é gratuito e voltado à população. Além do cronograma, haverá aulas de ritmos no último domingo de cada mês – que será iniciado no dia 30 de setembro. As aulas do domingo serão realizadas no Parque Ambiental Jardim Botânico, às 16h30. Em caso de mau tempo, as aulas que serão realizadas no Parque Ambiental Jardim Botânico, nas quintas-feiras, serão transferidas para o Centro Cultural da Melhor Idade. Os dias e horários se repetem semanalmente.  (Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Ivaiporã – Lúcia Lima)