quinta-feira, 6 de setembro de 2018

RIO BOM - Ladrões levam mais de 120 mil de empresa de confecção

         No dia 06 de setembro, o repórter Ednaldo Henrique, da Rádio Nova Am, noticiou que a empresária Neuza, dona de uma fábrica de confecção, em Rio Bom, na saída para Apucarana, Rua Jitiswti Kishino, levou um prejuízo de aproximadamente 120 mil, após ter sua fábrica de confecção arrombada. Ela contou que funcionários trabalharam a semana toda para terminar encomendas de centenas de peças, sendo que ao amanhecer a quinta-feira, quando os produtos deveriam ser entregues aos clientes, chegou para o trabalho e constatou que haviam feito um buraco na parede e que a produção havia sido levada. A vizinhança disse que não percebeu nada de anormal, mas pelos vestígios, os meliantes usaram uma talhadeira para fazer o buraco e levar cerca de 120 mil reais em peças de roupas, entre elas: 172 bermudas masculinas da marca Dakasta de cor caqui; 175 calças modelo Andrews na cor preta; 156 calças masculinas na cor azul jeans; 2.500 bermudas sarja sem marca; 2.000 camisetas de algodão em cores variadas; 15 blusas de moletom na cor cinza claro; 50 bermudas xadrez de cor verde e vermelha; 01 microondas da marca Consul; 01 ventilador na cor preta e 01 máquina de corte da marca Lamac. Foi deixado no local uma talhadeira roliça 5/8 polegadas, medindo 240 mm; uma chave de fenda com cabo na cor preta.

ROLAGEM INFINITA