sexta-feira, 1 de novembro de 2019

NOVO ITACOLOMI - MORRE CARBONIZADO

Casa foi destruída pelo fogo na zona rural de Novo Itacolomi. Um dos moradores, que era especial, morreu carbonizado 
                          MAIS DETALHES                     

          TRÁGICO - Somente por volta das 18:30 horas, o corpo do conhecida "Compadre". foi liberado do IML de Apucarana. Por conta da condição de carbonizado, foi necessário um autorização judicial para que a família pudesse fazer o velório. O agente funerário Thiago, da Funerária São Pedro, transladou o corpo para Jardim Alegre, onde há familiares do cidadão, os quais decidiram fazer naquela cidade do velório e sepultamento. SOBRE O CASO - A região do Bairro Ponte Preta, zona rural do município de Novo Itacolomi, uma casa pegou fogo, o fato teria ocorrido por volta das 22 horas, de 31 de outubro, de 2019, no sítio do conhecido Jorge Leal. Como não há vizinhos próximos, ninguém percebeu. Somente neste dia 1º de novembro, é que um sitiante da região passou pela estrada e viu que a casa estava completamente destruída. No local, se constatou que dos três maradores, o marido, conhecido como "João Facão", não estava; a esposa dele, a dona "Cândida", 75  anos, foi encontrada com queimadura pelo corpo e em estado grave. Já o irmão do "João Facão", o Dionísio Oliveira, 77 anos, que era conhecido como "Nego" e também por "Compadre", morreu carbonizado. A Polícia Civil, Militar e Bombeiros, foram para o local. MAIS DETALHES - O repórter Sérgio Oliveira, foi ao local da tragédia. Segundo informações, um produtor rural, conhecido como "Toninho Sargento", foi quem chegou ao local e encontrou a casa queimada. Ao lado, estava a mulher, com muitas queimaduras, mas consciente. Ao procurou, por entre as cinzas, encontrou, embaixo da carcaça da geladeira, o corpo do Dionísio. Já o morador "João Facão", estava em Apucarana, para onde ele sempre vai buscar remédios para o irmão e a esposa. Ele ouviu a notícia no Sistema Pinga Fogo de Rádio e entrou em desespero. Logo foi para o Hospital, aguardar a chegada da mulher.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA