sábado, 16 de novembro de 2019

ROSÁRIO - Suspeita de furto de gado e violência doméstica na cidade

 SUSPEITA - No dia 15 de novembro, feriado, era madrugada quando agricultores que residem às margens da Rodovia Jose Miguel Lino, começaram a acionar a PM dizendo que um caminhão boiadeiro chegou em uma fazenda, manobrou e foi  deixando de forma estratégica no acesso da propriedade, onde se tornava pouco visível, sendo que ficou a margem da estrada em cima da ponte, cuja intenção poderia ser o furto de gado. Ao chegar ao endereço, a PM encontrou o caminhão, com pendências, abandonado e, dentro dele, uma carteira com 232 reais; um celular marca LG, e documentos do veículo. Foram tomadas as devidas providências e os demais dados preservados,  até que o caso seja investigado.  AGRESSÃO - No dia 15 de novembro, às 03:h30min, na Rua Rio de Janeiro, um indivíduo foi acusado de agredir sua companheira, bem como seus filhos de aproximadamente dois anos de vida, motivo pelo qual foi feito contato com o conselho tutelar. Ao chegar ao endereço, alguns parentes se esconderam, talvez temendo represália, mas a avó afirmou que foi agredida e ameaçada com faca, inclusive que o homem encostou a arma branca em seu pescoço, tudo porque ela tentou impedir a agressão a esposa e os filhos. "Foi relatado que o acusado deu tapas na amásia e ainda pegou seu filho, o pendurado pelos cabelos e encostando a faca na criança dizendo que o mataria, mas, em seguida, a soltou no chão", informou a PM. Todas as providências foram tomadas e ninguém foi preso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA