domingo, 10 de novembro de 2019

TRÁGICO - Policial Ambiental morreu afogado durante fiscalização

A tragédia aconteceu na região de Santo Antônio da Platina no conhecido "Rio das Cinzas". O afogamento ocorreu durante tentativa de abordagem a pescadores 
        A Polícia Militar do Paraná ficou enlutada com a morte do soldado Amilton Carlos Malosti, de 47 anos, que era Policial Militar Ambiental do Batalhão de Jacarezinho, mas morava em Carlópolis. Durante uma tentativa de abordagem a pescadores irregulares, ele caiu na correnteza do Rio da Cinzas, entre Barra do Jacaré e Santo Antônio da Platina, no norte do Estado. O fato aconteceu no sábado, dia 09 de novembro, de 2019. O corpo foi encontrado na manhã deste domingo (10). "A equipe estava fazendo patrulhamento de viatura já com informações que havia pescadores praticando a pesca predatória. Em um determinado momento, pararam  longe do Rio, mas desceram até às margens por uma mata. Malosti e um colega, viram os pescadores, mas eles se afastaram e pararam o barco em um local que havia mutas pedras e era raso. Os dois militares foram caminhando sobre as pedras, mas dentro do Rio, momento em que o soldado escorregou, caiu e  foi levado pela correnteza", informou um colega policial do Batalhão de Jacarezinho. O corpo foi encontrado 20 metros depois do lugar onde o soldado afundou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA