sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

NOVAS TEBAS - POLÊMICA

Prefeito Clodoaldo Fernandes chama Michel Temer de "governo sem palavra". Na mesma entrevista, ele comenta das conquistas e agradece o apoio do Governador Beto Richa 

VÍDEO - Ouça entrevista no link de vídeo 
O Prefeito Clodoaldo Fernandes, de Nova Tebas, concedeu entrevista a Rádio Nova Era e Blog do Berimbau. Ele conversou com o repórter Sérgio Oliveira para fazer um balanço de 2017 e já comentar sobre as perspectivas para 2018. Ao dizer que conseguiu reduzir o gasto fixo da prefeitura em 1,5%, criticou o Governo Federal e chegou a chamar Michel Temer de "Governo sem palavra", ou seja, caloteiro, pois prometeu aos prefeitos recursos da repatriação e auxílio do FPM - Fundo de Participação, mas não pagou. "Todas promessas que o Governo Federal fez, não cumpriu e isso é complicado, porque muitos contaram com este auxílio, mas felizmente eu não contei, porque já imaginava isto. Administramos com as nossas economias e com ajuda do Governador do Paraná, este sim, cumpre suas promessas, paga suas contas e respeita os prefeitos", desabafou Clodoaldo. Elogios na esfera federal, somente para o Ministro da Saúde, o Deputado Ricardo Barros, que é do Paraná e, segundo Clodoaldo, tem agido como o Beto Richa, no sentido viabilizar recursos. Também afirmou que conseguiu assegurar 16 milhões em convênios e programas, isso além dos 22 milhões, que é o orçamento de Nova Tebas. A meta do chefe do poder executivo, para os próximos meses, é reduzir ainda mais a despesa fixa, realizar as obras asseguradas e continuar administrando com transparência e dedicação, principalmente na área da saúde, onde a população tem dado uma aprovação de mais de 80% . O prefeito também comentou sobre algumas dificuldades que surgiram no primeiro ano de governo, entre elas, as chuvas que trazem fartura, mas também danificam estradas. Para saber mais, clique e ouça no link de vídeo

Nenhum comentário:

Postar um comentário