06/02/2021

ARAPONGAS - Pais são acusados de amarrar e torturar filho de 04 anos

 Um fato lamentável ocorrido em Arapongas, no dia 05 de fevereiro, de 2021, esta ganhando repercussão na imprensa nacional. Segundo informações das Policias Militar e Civil, e do Conselho Tutelar, pais foram presos, no Jardim Colúmbia, acusados de torturar o filho, de 04 anos, e também há suspeita de maus tratos com uma segunda criança, de 10 meses. "A denúncia apontava que marido e mulher torturavam as crianças e amarrava o filho com um cadarço. Ao chegar ao local, e chamar pelo casal, eles demoraram a abrir a porta. Logo constatamos que a casa não tinha condições mínimas de higiene. O filho estava dentro do quarto, em cima de um colchão, com várias cicatrizes. Próximo a ele, dois cadarços de tênis e uma faca, indicando que, provavelmente, o pai cortou as amarras antes de permitir a entrada dos policiais", informou a Polícia Civil. Ambos não souberam dar muitas informações sobre as cicatrizes existentes no menino. Os investigadores da 22ª Subdivisão Policial, tomaram as devidas providências e o caso é investigado. Os acusados negam, mas caso sejam condenados, podem pegar até 10 anos de prisão e perder a guarda dos filhos. A pena prevista para o crime de tortura, bem como a possibilidade de indiciamento do pai também por maus-tratos. A pena prevista para o crime de tortura no Brasil é de reclusão de 2 a 8 anos, sendo que alguns agravantes podem aumentar o tempo de prisão, como, por exemplo, se houver a comprovação de lesão corporal grave ou gravíssima, a pena passa de 4 a 10 anos, com o aumento de 1/6 a 1/3 por se tratar de criança.  No caso de um indiciamento, apenas por maus-tratos, a legislação prevê pena de detenção de dois meses a 1 ano, ou multa e também pode ter alguns agravantes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA