16/02/2021

POLÊMICA - Em Ariranha do Ivaí crianças do CMEI consumiam água de tambor

                              DENÚNCIA                                
      Matéria completa e entrevista com o prefeito Thiago   
Como se não bastasse, o tambor improvisado como Caixa de Água, estava com piche no fundo e infestado de larvas do mosquito da dengue  
       A reportagem do Blog do Berimbau e Rádio Nova Era, recebeu uma grave denúncia. Em Ariranha do Ivaí, no CMEI - Centro Municipal de Educação Infantil, também conhecido como "Antiga Creche", no lugar de uma Caixa de Água, o prédio da escola tinha um tambor de 200 litros, de plástico, sem nenhuma condição de higiene e, como se não bastasse, com cerca de 10 centímetros de piche, produto usado na produção de material asfáltico, substância esta que é tóxica, e que estava depositada no fundo do tambor. O recipiente ainda era infestado de larvas do mosquito da dengue. Absurdamente, este era o reservatório, no qual estavam conectados os encanamentos que levavam água para as torneiras, utilizada para preparar os alimentos e servia até de consumo para os alunos, professores e funcionários. O atual prefeito Thiago Epifânio, falou a nossa reportagem. Ele esclareceu que, após assumir o comando do município, percebeu que havia goteiras e vazamentos de água na forração do prédio. Ao verificar, os servidores públicos se depararam com a situação lamentável. "Esta é uma obra antiga, de mais de 10 anos e não sabemos quem cometeu a irregularidade. Com certeza, crianças que passaram pela creche, nos últimos 12 ou 13 anos, deve ter consumido esta água", disse o prefeito. Não conseguimos apurar qual prefeito edificou a obra, mas, como ponderou Thiago, a caixa pode ser introduzida no local em alguma reforma ou em outro momento. "Esse fato acendeu um alerta, vamos verificar os demais prédios públicos para saber com estão os reservatórios", salientou o prefeito. Ouça a entrevista com Thiago, no link de vídeo. Nossa reportagem manteve contato com o ex-prefeito cassado, Augusto Cicatto, que governou o município nos últimos 4 anos, e perdeu o mandato falando pouco mais de 4 meses, para saber se ele tomou conhecido de tal fato ou se suposta caixa de água foi inserida no prédio durante sua gestão, mas ele não atendeu nossas ligações. O telefone do ex-prefeito Sílvio Petrassi, constava como número não mais existente. Já o ex-prefeito Carlos Bandieira, disse que nunca tomou conhecimento de tal fato e também achou a situação revoltante.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA