quinta-feira, 12 de abril de 2018

BANDIDAGEM - Jovem que assaltou em Mauá é latrocida em Borazópolis

       LATROCIDA DE BORRAZÓPOLIS           
Lucas Pires, acusado de ser o mentor do latrocínio do agente de saúde Nelson de Freitas, de Borrazópolis, foi preso em Rio Bom, após assalto em Mauá da Serra 


          Nossa reportagem, Blog do Berimbau e Rádio Nova Era, havia noticiado a prisão de assaltantes, mas inicialmente não tínhamos a informação que os dois presos eram de Borrazópolis: um menor, cujo nome não foi divulgado,  e o jovem Lucas Henrique Pires, de 19 anos. O último, considerado de alta periculosidade e acusado de ser o mentor de um crime brutal, registrado em Borrazópolis no mês de agosto, de 2015. Na época, Lucas, que ainda era menor, e mais  dois adolescentes, sequestraram o agente de saúde Nelson de Freitas, o qual foi roubado e morto com pancadas na cabeça, cujo corpo foi desovado na Estrada Rural do Bairro 200 Alqueires. Para rever esta tragédia - Clique Aqui.   A nova prisão de Lucas, aconteceu neste dia 11 de abril, de 2018, quarta-feira, no município de Rio Bom. A Polícia Militar confirmou prendeu Lucas Henrique Pires, de 19 anos, ele estava na companhia de um rapaz de 16 anos, ambos de Borrazópolis. Ambos  foram acusados de um roubo ocorrido na madrugada do dia 11 de abril, de 2018. Segundo informações, os  dois meliantes abordaram dois moradores que estavam próximos a um carro gol, em Mauá da Serra, nas proximidades de uma Tabacaria. Durante a ação, uma das vítimas saiu correndo e a outra ficou deitada no chão. Os meliantes teriam utilizando uma arma de brinquedo. Logo fugiram levando o carro. Quando o dia amanheceu, a Polícia Militar, recebeu denúncia e localizou o veículo na garagem de uma residência, que teria sido alugada por Lucas, em Rio Bom, na Av. Paraná com a Rua João XXIII. Eles já tinham arrancado a placa do Gol e o cobriram para que ninguém percebesse. "Indagados sobre o ocorrido, assumiram a autoria do crime, em seguida foi realizado busca no interior da residência e encontrados dois simulacros de arma de fogo, sendo uma metralhadora e fuzil feitos de papelão, também um aparelho celular de procedência duvidosa", informou a PM.  Com a nova prisão, a sociedade pede justiça e que Lucas, fique, pelo menos um bom tempo na cadeia, pagando os crimes que já cometeu. 

3 comentários:

  1. Pau que nasce torto nunca se endireita, bala no fdp, chumbinho na marmita dele, nem compensa onerar os cofres do estado com um verme deste.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir