28/04/2018

IVAIPORÃ - Roubo, furto e ainda um caso de embriaguez ao volante

Polícia Militar  registrou assalto a um aposentado que foi vítima de golpe de faca.  Autoridade tem carteira e celular roubados. E motorista foi autuado e acusado de embriaguez 
ROUBO - Um homem de 71 anos, das iniciais L. C. F. de 71 anos, disse que foi assaltado em Ivaiporã, no dia 27 de abril. Ele levou uma facada, provocando um corte profundo no pescoço, sutura de oito pontos. No Hospital ele conversou com a PM e acusou um tal de "Clodoaldo", de ter praticado o crime, afirmando que estava bebendo pinga com o suspeito, em sua casa, sendo que em um determinado momento, o homem perguntou se ele tinha mais dinheiro para comprar cachaça. Disse que sim e mostrou um pacote com cerca de 300 reais, momento em que foi esfaqueado e o suposto ladrão levou seu dinheiro. Embriagado e ferido, o homem ficou desmaiado e foi encontrado na manhã seguinte pela filha, que o socorreu. Como o fato aconteceu quando o aposentado havia ingerido bebida alcoólica, a Polícia iria investigar a veracidade ou não das informações. Uma pessoa, que ligou para nossa reportagem dizendo ser parente de Clodoaldo, afirmou que ele não cometeu crimes e que o fato será esclarecido
FURTO - No dia 27 de abril, de 2018, uma autoridade de Ivaiporã, foi alvo de furto em Ivaiporã, às 12:35 horas, na Av. Souza Naves, Centro. O homem informou, segundo o boletim da PM, que levaram sua carteira e seu celular de dentro do veículo, uma Chev Tracker LTZ. Câmeras de segurança revelaram que a vítima desceu do carro e foi nos Correios. Pouco depois, estacionou, do outro lado da vai, uma Space Fox, de onde desceu o passageiro. Ele se dirigiu até a Tracker, entrou no veículo, que estava aberto e saiu em seguida, provavelmente levando tais objetos. Buscas foram feitas em Ivaiporã, mas os suspeitos não foram localizados. 
EMBRIAGUEZ - Na madrugada de 28 de janeiro, às 04 horas, na Avenida Tancredo Neves, um homem de nome Antônio L. G., foi autuado por dirigir embriagado. Consta no relato dos policiais, que ele dirigia uma Hilux em alta velocidade pela Rua Manoel Ribas, e quando da abordagem, na Avenida Tancredo Neves, percebeu-se que o motorista tinha sintomas de embriaguez. Ele se recusou a fazer o teste do bafômetro, negando que estava embriagado, apesar que no relatório dos Policiais, os soldados afirmaram que Antônio, em um determinado momento, afirmou que havia ingerido algumas latas de cerveja. A Polícia Civil iria apurar mais detalhes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA