segunda-feira, 28 de dezembro de 2009

ELEIÇÕES

No Paraná, Requião empata com Serra na eleição presidencial
Pesquisa mostra que o governador teria o voto de 31,2% dos eleitores do estado, uma leve vantagem sobre o tucano (30,9%). Dilma ficaria com 12,4%
Os governadores do Paraná, Ro¬¬berto Requião (PMDB), e de São Paulo, José Serra (PSDB) estão tecnicamente empatados na preferência dos eleitores paranaenses na disputa pela sucessão presidencial. Levantamento de intenção de votos realizado pelo Instituto Paraná Pesquisas, com exclusividade para a Gazeta do Povo, mostra que Requião hoje teria 31,2% dos votos no estado. Serra teria 30,9% (a margem de erro da pesquisa é de 2,5 pontos porcentuais para mais ou para menos). Num cenário em que Requião é o candidato à Presidência da República pelo PMDB, a petista Dilma Rousseff aparece em terceiro lugar, bem atrás de Requião e Serra – com apenas 12,4% das intenções de voto. É seguida de Ciro Gomes (PSB), com 9,5%, e Marina Silva (PV) com 4,7%. Sem Requião na disputa, no entanto, Serra aparece disparado na dianteira. O pré-candidato do PSDB é preferido por 46,1% dos eleitores paranaenses. Dilma somaria 17,4%. Ciro Gomes teria 14,6%. E Marina Silva, 7,2%. Até agora, Requião não foi citado em pesquisas nacionais divulgadas pelos principais institutos do país. Na última sondagem do Instituto Datafolha, do dia 19, Serra apareceu com 37% das intenções de voto, Dilma com 23%, Ciro com 13% e Marina com 8% Os resultados da pesquisa mostram que, caso Requião consiga ser indicado como candidato pelo PMDB, deve roubar votos tanto da candidatura tucana como da petista. Sem o governador na disputa, Serra sobe de 31,2% para 46,1% nas intenções de votos dos paranaenses e Dilma, de 12,5% para 17,5%. “No cenário sem Requião, cada um dos dois sobe mais ou menos 50%”, explica o cientista político Emerson Cervi, da UFPR. Para Cervi, as citações obtidas por Roberto Requião para a Pre¬¬sidência da República são reflexo da exposição natural do go¬¬vernador. “Acho que os votos que ele recebe nessa situação mostram mais a lembrança que o eleitorado tem dele. A meu ver, o eleitor paranaense diz que prefere votar no seu governador para presidente do que em outra pessoa.” O diretor do Instituto Paraná Pesquisas, Murilo Hidalgo, diz que o fato de Requião aparecer na frente da pesquisa no Paraná não é necessariamente um fato a ser comemorado. “Por ele ser o governador do Paraná, tinha de largar com 60% de intenção de votos. Se observar o índice, está muito perto do alcançado pelo Serra”, diz Hidalgo Já Ricardo Oliveira, professor de ciência política da UFPR, diz que Requião parte com uma boa porcentagem na corrida pela Presi¬¬¬dência. “Na verdade, ele não tem muita chance nessa disputa. Mas essa candidatura impressiona o eleitor, que tende a votar nele para o Senado, que deve ser o cargo pelo qual ele realmente vai concorrer”, diz Oliveira. A pré-candidatura de Requião é recente e ainda encontra a descrença no cenário político nacional. Apesar de contar com o apoio de alguns caciques do PMDB e da maioria dos diretórios estaduais do partido, a legenda deve compor a chapa com o PT, indicando um candidato a vice de Dilma. O nome mais cotado é o do presidente nacional do PMDB, deputado Michel Temer (SP). Metodologia O levantamento do Instituto Paraná Pesquisa ouviu 1.830 eleitores paranaenses com mais de 16 anos, em 65 municípios do estado, entre os dias 16 a 21 de dezembro. A pesquisa foi estratificada segundo sexo, faixa etária, nível de escolaridade e posição geográfica. No trabalho de levantamento de dados foram verificadas simultaneamente 19,95% das entrevistas. A amostra tem um grau de confiança de 95,5% para uma margem estimada de erro de 2,5%, para mais ou para menos. Para a seleção da amostra utilizou-se o método de amostragem estratificada proporcional, conforme o mapeamento do estado em 10 mesorregiões homogêneas do Paraná, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LEIA ANTES DE COMENTAR!
- Os comentários são moderados.
- Só comente se for relacionado ao conteúdo do artigo acima.
- Comentários anônimos serão excluidos.
- Não coloque links de outros artigos ou sites.
- Os comentários não são de responsabilidade do autor da página.

Para sugestões, use o formulário de contato.
Obrigado pela compreensão.

ROLAGEM INFINITA