sábado, 30 de junho de 2018

FAXINAL - Desacato contra a Polícia e muita confusão na Vila Velha

Uma abordagem de rotina resultou em ameaça e reação de familiares do abordado, contra os Policiais Militares 
         De Faxinal, neste dia 30 de junho, de 2018, nossa equipe de reportagem recebeu algumas imagens, vídeos e fotos, de uma ocorrência registrada, na Vila Velha, Rua 2, como desacato, desobediência, resistência, incitação ao crime, ameaça, lesão corporal e outros delitos. Ao final, três pessoas foram autuadas, entre elas: Elisângela Rosa de Santana;  uma menor e Jackson Rosa da Silva. Tudo começou quando a PM, na manhã de 30 de junho, de 2018, fazia patrulhamento e abordou a pessoa de Jackson (Foto). Com ele, nada de ilícito foi encontrado, mas os policiais alegam que sua mãe: Elisângela e sua esposa, passaram a desacatar os soldados com xingamentos como: vermes, filhos da p..., merdas, outros e ainda a gravar vídeos e até postar estes materiais em redes sociais, inclusive, em um dos vídeos, aparecia o momento em que uma das mulheres dizia que iria pegar as armas dos miliares. Diante do desacato e das ameaças, foi pedido reforço para a equipe de Borrazópolis. Ao voltar do no local, a abordagem dos acusado, terminou em muita confusão. Veja um trecho do que foi registrado no Boletim da PM. "Ao chegar na casa dos suspeitos, um menor se recusou a acatar as ordens, mas foi contida e detida. Jackson fez provocações dizendo: "leva eu seus merda. Não tem homem aqui para algemar eu", investindo contra a equipe com chutes e socos, causando um ferimento na mão direita do Soldado Magioni, sendo necessário uso de força para o conter. Elisângela também passou a proferir xingamentos e dizia que iria para a corregedoria e que os policiais eram "bando de covardes" e que iriam morrer na vila. Ela correu para dentro da casa, mas foi alcançada já dentro do banheiro. Quando a equipe tentou sair com os três detidos, a viatura apresentou um problema mecânico e precisou ser empurrada, momento que houve reação de outras pessoas, entre elas, um jovem conhecido, que é menor, que chegou a disparar um rojão em direção aos PMs, ferindo o pé do soldado Magioni; em seguida, conseguiu fugir sem ser detido. Todos os demais foram levados para a Delegacia, onde os desacatos continuaram", informou o boletim da PM. Nossa reportagem também recebeu um vídeo, onde Jackson confessa que desatou os policiais e pede desculpas.